domingo, julho 15, 2007

Eis que ela sobreviveu...

Há um tempo atrás escrevi um post falando que as mangueiras do condomínio estavam com os dias contados devido a uma doença chamada "praga da mangueira seca". Fiquei muito triste naquela época... senti-me triste e impotente, pois segundo diziam nada poderia ser feito, só esperar a mangueira secar e chamar uma empresa para podar.

Apelei a tudo! Por mais absurdo que parecia, eu fazia. Borra de café, de mate, floral de Bach, casca de banana, água, amor, abraço... tudo o que diziam que ajudaria minha mangueirinha, fiz.

Quase dois anos se passaram e ela está aí, firme e forte, dando mangas deliciosas todo final de ano. Não sei se estou certa no que vou escrever, mas acho que ela foi uma das únicas que sobreviveu por aqui.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket


Vale notar que ela não chegou a "adoecer", só vi o tal do besouro nela e espantei-o...

Um comentário:

Marcos disse...

A mulher do dedo-verde! Cris, eu até tentei entrar aqui algumas vezes, mas não conseguia nem a fórceps, daí meu desaparecimento. Que bom que tudo voltou ao normal.