sábado, dezembro 31, 2011

FELIZ ANO NOVO!!!!

 

A todos que visitam este humilde blog, quase um diário público, desejo um FELIZ ANO NOVO.

Que venha 2012 com tudo o que tem direito.

Metas pra 2012? Hmmmmm não. Vou deixar 2012 me levar, assim como deixei 2011 me levar.

quinta-feira, dezembro 29, 2011

E 2011 está acabando…

2011 foi para nós um ano marcante. Tivemos alguns eventos de forte emoção; como visita de cunhado, primo... casamento, nascimento da nossa menininha, nascimento dos gêmeos do outro primo...

Taí. Foi um ano bom. Que 2012 seja tão bom quanto...

Não. Não pretendo fazer lista de desejos ou coisas pra fazer em 2012. Fiz isso quase todos os anos e NUNCA cumpri com meta alguma.  Só fui tomar vergonha na cara e cuidar da alimentação quando engravidei. Como consequência perdi peso.

Uma coisa que eu queria fazer é participar dos Vigilantes do Peso, até ver o PREÇO. PQP! Caro pra caramba! Fazer acompanhamento médico também acaba caro… táxi, remédios… Vou acabar cortando os  "engordativos"  mesmo e acompanhando semanalmente o meu peso com a balança que comprei na semana passada.

sábado, dezembro 24, 2011

FELIZ NATAL!!!!

Amigos...

Hoje só consegui este tempinho de sossego para vir na Internet. 

Quero desejar a todos um Natal maravilhoso e que Papai Noel na medida do possível realize todos os desejos de vocês.

Assim que eu chegar em casa amanhã entro com mais folga e visito o TS, os blogs que comentam aqui, o twitter, Face, telefono pra todo mundo...

Beijos

quinta-feira, dezembro 22, 2011

Das coisas que eu só entendi vivenciando...

Talcos e bebês.

Eu não sabia, mas não é indicado usar talcos em bebês por causa de sufocamento; não lembro em qual site li isso. Então... todos aqueles talcos cheirosíssimos eu uso na latinha de lixo das fraldinhas dela para quando abrir exalar cheirinho de Alfazema ou talco Johnson. 

Ontem à noite fiz a limpa nos lixos da casa e dei uma exagerada de talco no lixinho do banheiro. PQP! Quando coloquei o saco novo na lixeira subiu aquela nuvem de talco na minha cara... Eu não conseguia respirar!!! Tô com nervoso na cara até agora. Tipo pele ressecada, entende? Acho que só um banho me salva agora. OUTRO banho.

quinta-feira, dezembro 15, 2011

Coisas do Nosso Dia a dia.

 

Bem. Quando nossa pequena completou 5 meses passou pras papinhas.

Eu tinha um liquidificador ÓTIMO, da Walita, mas como ele era muito velho, com mais de 12 anos, achei que seria uma boa hora de comprar um novo. É. Tive receio de alguma pecinha enferrujada e tals…

Bem. Lá fui eu a um site de compras na Internet e comprei um liquidificador que o bolso permitia, da Mondial.

BURRA. BURRA. BURRA. 1000 vezes BURRA!

Já na primeira papinha o negócio soltou um cheirinho esquisito, de queimado, mas achamos que era cheiro de eletrodoméstico novo e continuamos a fazer papinhas. Um belo dia ouvimos um PLEC seguido de muita fumaça branca e um insuportável cheiro de curto circuito. Tiramos o copo e deixamos o motor lá no quintal pegando fogo.

E desde então estamos na peregrinação de encontrar um aparelho que aguente as papinhas da Lívia.

Hoje acho que encontrei um no Ponto Frio. Não gostei de ser preto, minha cozinha é toda branquinha, mas o que importa mesmo é que funcione, né…

Liguei pro marido e expliquei que gostei de como ele parece funcionar e tals, falei tudo o que o aparelhinho fazia… estava tudo bem até a hora que falei o preço: 620 reais NA PROMOÇÃO.

Marido soltou uma daquelas máximas que faz qualquer esposa esquecer o mau humor e cair na gargalhada:

- Pelo visto esse negócio faz até sexo! Me fodeu inteiro.

Três meses e três festas…

 

Três meses que eu detesto: dezembro, janeiro e fevereiro.

Três festas que detesto: Natal, Ano Novo e Carnaval.

Alguns dizem que é inferno astral, outros dizem que é trauma de infância. Trauma de infância eu não acredito que seja e nem sei direito o que é inferno astral, se é que existe isso. Sei que são datas que não suporto. Quando novembro chega ao fim e começam aqueles preparativos pras festas de fim de ano já vai me dando uma agonia tão grande… Sinceramente. Natal e Ano Novo me deprimem, Carnaval me irrita profundamente.

De todos os meses fevereiro é o pior. Parece que todas as merdas da minha vida acontecem justamente nesse mês.

De quando começa dezembro até o final das festas de fim de ano é um período que costumo me isolar um pouco, tanto aqui na vida off-line quanto no mundinho virtual.

O ano mal começou e já tá na hora de programar o final dele… Que coisa absurda.

sábado, dezembro 10, 2011

Ilha

Sinto que estamos todos morando numa ilha lotada de cegos e surdos. Todos falam, mas nenhum vê ou escuta o outro.

sábado, dezembro 03, 2011

Sete Meses!

2011-11-13 003 (FS62)

Hoje nossa bonequinha está completando 7 meses de vida. Meu Deus! SETE MESES! Me lembro quando ainda estava grávida dela e comentamos sobre o Natal, que neste ano não poderíamos montar árvore e tal... Naquela época achava que estava tão longe... Natal! E olha aí! A mocinha com 7 meses, o Natal batendo as portas... O ano acabando...

 

Parece que foi ontem que dei entrada no hospital para a chegada de Lívia.

Nossa… Tô me lembrando agora dos primeiros dias com a mocinha em casa. Eu e Luiz mais perdidos que cego em tiroteio, a neném chorando e não querendo pegar no peito de jeito nenhum… Minha sorte foi que a vizinha percebeu e já foi tomando conta da situação. Nos orientou, ajudou, deu os primeiros banhos na neném…  Sinceramente não sei o que teria sido dessa criança se não fosse essa vizinha.

Para você ter noção a primeira noite dela foi um desespero. Chorava de hora em hora e toda vez era aquele stress de tentar fazer pegar o peito e por fim vinha a mamadeira. No dia seguinte demos a mamadeira às seis e meia e ela adormeceu. "Graças a Deus! Aproveita, amor, e vamos dormir também!"  - disse meu marido. E assim os três adormeceram na sala: ele num sofá, eu no outro e ela no carrinho. Já passava do meio-dia quando minha vizinha veio nos visitar. "Já tentou dar o peito, Cris?" Respondi que sim, mas acabei dando a mamadeira e ainda disse que por sorte a menina dormiu. Minha vizinha me olhou espantada e perguntou há quando tempo a menina estava dormindo. "Desde às seis, por quê? Tá dormindo tão bem…!" Ainda me lembro da cara de espanto da minha vizinha que me mandou preparar uma mamadeira urgentemente e acordar a criança pois bebês recém nascidos não podiam ficar tantas horas sem mamar. E eu não sabia disso!!!

Lívia nunca pegou no meu peito… E olha que não foi por falta de tentativas! Meu peito praticamente se tornou público, pois quem via a situação metia a mão pra ajudar. Sogra, enfermeiras, vizinha, amigas… Mesmo assim Lívia não pegou. O que importa é que ela é uma criança saudável e rarissimamente pega um resfriado.

Lívia agora dá mais trabalho, mas é menos estressante. Se eu me organizar bem consigo fazer TUDO. Ela me dá mais tempo pra fazer minhas coisas. Agora tem uma rotina e nos momentos que ela brinca no bercinho eu cuido na casa. A comunicação também está mais tranquila. Ela tem um choro específico pra cada situação… Já dá pra saber se é fome, sono, manha ou dor; e quando está tudo bem ela dá gritinhos de felicidade, quando está fazendo arte também sinaliza com um silêncio repentino e depois um "dá dá di di". Quando ela faz assim eu já sei: tá fazendo m* e não dá outra.

Sua última arte foi numa farmácia. Notei Lívia muito quietinha e dei uma olhada pra ver se estava dormindo. DORMINDO???? E isso dorme? Ela estava puxando uma latinha de BAIXO da torre de latas de leite, dessas grandes. Se eu não olho, ela derrubaria aquela prateleira de latas de leite todinha…

Eu não acreditava nessa história de "ah, mas me distraí só 2 segundos e aconteceu o acidente!" Juro que sempre achei isso conversa pra boi dormir… Sempre. Até parir e perceber que… piscou = deu zica.

PS.: Acho que agora consigo escrever semanalmente um tipo de resumo da semana. Esse blog agora vai funcionar como um querido diário público. Hehe.

domingo, novembro 06, 2011

Sonhos

Meu primo teve gêmeos agora...

Sempre foi um sonho meu, desde pequenina, ter filhos gêmeos, um casal de preferencia. Talvez pra matar 2 coelhos com um tiro só. Depois da Lívia eu continuo achando lindo, mas na casa dos outros...

Fico aqui pensando… se com uma única filha eu já tô sem tempo sequer pra escrever no meu diário, imagine eu com ela + 2? Nem louca! Amo a minha filha, mas parei por aqui. Um já está de bom tamanho, já me sinto imensamente abençoada.

Lívia agora tem seis meses, já se distrai com os brinquedinhos no berço e me dá um certo "sossego". O tempo livre que ela me dá é pra cuidar da casa, do cachorro, preparar as próximas mamadeiras, papainhas… Ao final do dia, quando finalmente ela se rende ao sono e dorme até o dia seguinte estou destruída de tal forma que não consigo sequer lembrar do dia. Imagino agora se fossem DOIS, ou TRÊS.

Não. Não. Parei por aqui. Uma já tá ÓTIMO.

PS.1: Marido e família dizem que eu TENHO que dar um/a irmão/ã pra Lívia, mas como quem vai ficar com o trabalho SOU EU, como não poderei contar com NINGUÉM, então QUEM DECIDE SOU EU.

PS.2: O pior é que eu ando sonhando quase toda noite com gêmeas, duas meninas que veem me cumprimentar numa festa. Ai Jesus!

domingo, outubro 23, 2011

Ô saudade…

 

Queria escrever no blog... mas tô tão sem assunto. Saudades mortais da época dos Posts Comunitários... Era uma bênção pros sem assunto.

Aceito dicas!

terça-feira, setembro 13, 2011

E 20 anos depois…

Bem. Por volta dos anos 1990 a 1992 frequentei um determinado lugar, uma Igreja, (nomes e locais não importam agora). Acredito que tenha sido uma boa colega, boa "Irmã" e obediente às regras. Fazia tudo que me mandavam. Até que um dia eu caí. Caí e tive que me virar sozinha pra levantar, porque ninguém correu pra me acudir não, muito pelo contrário. Cansada me afastei.

Alguns anos depois recuperei minha vida, quase igual a vida que eu tinha antes de começar a frequentar o local. Pra minha surpresa começaram a pipocar visitas de "Irmãos" pedindo o meu perdão. Um em especial. Perdoei. De coração eu perdoei. Mas perdoar é uma coisa, insistir no erro é outra! Perdoei, não voltei a frequentar aquele lugar.

E nunca mais voltaram a me procurar.

Agora… passados 20 anos (ou mais)… Alguém encontrou nos arquivos de lá o meu registro e resolveu que eu faço falta. Sim! Depois de VINTE ANOS sem um telefonema, uma visita, (NADA) eles resolvem que eu agora faço falta! Me ligaram inúmeras vezes, vieram aqui de surpresa e como não os recebi mandaram cartinha marcando a próxima visita. E novamente não serão recebidos.

Não é mágoa, não é rancor ou vingança. Eu apenas encontrei o meu caminho e estou muito feliz. Não piso em Igreja alguma há 20 anos e garanto: tenho Jesus no meu coração e Ele me abençoa todos os dias. Nas minhas orações nunca preciso pedir NADA, só agradecer.

Fim do mundo próximo? Minha avó (que hoje teria uns 100 anos) já ouvia essa ladainha quando tinha lá seus 10 aninhos. Eu ouvi e me apavorei com o assunto inúmeras vezes, mas hoje não me apavora mais. O Juízo Final é quando fechamos nossos olhos e aí prestamos conta dos feitos e mal feitos na vida. E quando eu for prestar minhas contas não vai ser uma Igreja que vai me salvar…

quarta-feira, agosto 03, 2011

segunda-feira, abril 25, 2011

Agora é definitivo.

Dia 03/5 Lívia chega, às 15:00h. Segundo a ultra que fiz hoje a mocinha tem 37 semanas, pesa 3,200 kg e mede 49 cm.

terça-feira, fevereiro 08, 2011

terça-feira, fevereiro 01, 2011

Falando em coisas BOAS…

 

Esse foi o mês das boas notícias nos médicos.

Quando a gravidez foi confirmada havia uma certa preocupação por causa da idade, do histórico de hipertensão, o sobrepeso também… Tinha muita coisa indicando que poderia haver problemas.

No fim do mês fui ao cardiologista e ouvi que minha pressão está ótima, na obstetra ouvi que não emagreci, mas também não engordei e a neném está ÓTIMA.

Agora é só curtir o desenvolvimento da nossa neném e esperar ansiosamente sua chegada. Sem riscos, sem medos.

A minha única preocupação no momento é: onde colocar o berço! Ela já tem reservada uma cômoda e um pequeno armário. É o que cabe aqui neste quarto.

Nós vamos construir um quartinho LINDO pra ela, só não pode agora por causa do período de chuvas fortes que vai até maio. Pra construir o quartinho dela vamos deixar a casa sem teto durante um período longo.  A lona vai proteger da chuva fraca / normal, mas dos temporais de verão… não.

Fechei minha conta do YouTube.

 

O motivo é bem simples.

Vídeos gravados por MIM estão marcados como "problemas de Direitos Autorais".

Ok. Não usei música de ninguém, não gravei show de ninguém … eram vídeos MEUS, caseiros, gravados POR MIM.

Não vai demorar para não podermos sequer mandar alguém tomar naquele lugar, pois essa expressão pertencerá a outro. Ahhh qual é…!

E os vídeos que EU gravei e outros pegaram? Fica por isso mesmo? Afinal, não sou artista, celebridade, não tenho nenhuma gravadora… Então comigo podem fazer o que quiserem, sou comum. Não é isso????

Pois então, senhores do YouTube. Enfiem esses LIXOS de direitos autorais NAQUELE LUGAR.

YouTube já foi. Não demorará pra eu excluir TUDO. Orkut, Gmail, Gtalk, Blogspot… Não vai demorar.

quinta-feira, janeiro 20, 2011

Nossa Menininha…

Anteontem fiz minha ultrassom morfológica. Graças a Deus está tudo bem com a nossa menina! Ela cresceu, ganhou peso e parece ter todos os órgãozinhos em pleno funcionamento. Ela só deu MUITO trabalho... observar sua coluna foi um suplício! O rosto foi outro.

Lívia já está se mexendo e ainda escolhe qual é a MINHA melhor posição pra ELA dormir à noite. Se durmo virada pro lado esquerdo ela me chuta até eu virar pro lado direito. Aí se viro pro lado direito e boto a mão na barriga ela acalma.

Minha saúde está ótima, segundo a obstetra. A única coisa altinha parece que é ácido úrico, mas aí não tem muito como escapar... preciso do bife de fígado. Fora isso está tudo normal... Sem infecção urinária, sem palpitações, pressão por volta dos 12 x 8 e sangue bom, só incho quando está fazendo aquele calor de 40ºC e preciso ficar muito em pé. Ou se caio na tentação e tomo um refrigerante.

Eu tinha PAVOR da diabetes, mas como tomei NOJO de chocolate (eu até posso comer, mas depois fico com gosto de podre na boca) e doces fica mais fácil evitar a diabetes... Massa eu até como, mas não muito; senão dá azia.

Acabou que a própria mudança do paladar me fez só comer/beber coisas saudáveis.

Fora o barrigão e as mexidas dela dentro de mim nem me sinto grávida. "Não me sinto" no sentido que acabaram aqueles enjoos intermináveis, o cansaço… Me sinto normal, só barriguda.